Dica Geek: Game Child of Light

15:20

Oi, lindezas!

Muitas mulheres já se renderam ao mundo dos vídeo games e outras ainda caminham timidamente nesse universo. Tem quem nem tenha cogitado a ideia de jogar alguma coisa naqueles consoles super sofisticados ou mesmo no pc, mas eu digo: experimentar não faz mal!
Eu adoro vídeo games, mesmo quando jogava com um pc lento e sem placa de video, perdendo toda minha evolução no jogo quando travava tudo ( Príncipe da Pérsia que me matava de raiva e amor! rsrs). E minha paixão aumentou ainda mais quando eu conheci um dos jogos mais lindos que já tive a chance de jogar que era o Alice Madness Returns. Vocês precisam conhecer! Do gráfico à trilha tudo é lindo e bem cuidado! 
Jogava no PC, mas não tem para Xbox One - Buáaaaaaaaaaaaaaa

Joguei outras coisas, mas nos últimos tempos tinha ficado mais quietinha até meu noivo comprar de presente de noivado (!) um Xbox One. Aí me rendi ao Diablo Reaper of Souls e jogo com ele. É divertido, meninas! Juro! Das missões às estratégias vale a pena e dá para dar boas risadas.
O mais recente em nossa aquisição foi Shadow of Mordor ( ele sabe que amo o universo do Senhor dos Anéis e caprichou na surpresa!). 
Meninos aqui vai um pedido: sejam legais e pacientes com suas namoradas e esposas. Ensinem elas a jogarem e elas vão amar fazer isso com vocês, desde que elas queiram também! Tem que ser gostoso para ambas as partes!

Sim, mas o post de hoje é sobre um game que me surpreendeu: Child Of Light. 
Como o jogo não foi lançado por agora (foi lançado no país em 30 de abril de 2014) não vou fazer um descritivo, mas quero falar é de como foi a minha experiência e minhas impressões ao jogá-lo.

Em uma época na qual os gráficos cada dia mais perfeitos são quase uma exigência dos usuários, o game Child of light se passa em um plano 2D, com traços singelos, cheios de movimento e delicadeza.
Mas não é atoa. O jogo conta com a criatividade de artistas que trabalharam em games como Final Fantasy e Far Cry em sua arte conceitual. E isso nos rendeu um mundo de fantasia e sonho de pura leveza.
O jogo me ganhou também pela poesia, enredo envolvente e uma trilha sonora tocante e carregada de emoção. Em alguns momentos tudo o que pude fazer foi parar e apreciar a princesa Aurora do reino de Lemúria andando pelas lindas paisagens.

O jogo é  estilo RPG e isso conquista os usuários que amam estratégia na hora do combate. Não é complicado aprender a jogar e isso faz da experiência uma coisa mais interessante. Ou seja, para começar a jogar não é preciso ser expert. Mas isso não quer dizer que o jogo não apresente desafios, pois tem adversários e boss que dão uma trabalhão de enfrentar e vencer!
E como atrativo o  jogo possui vários báus, tesouros e surpresas.
O legal é que no desenrolar do enredo outros personagens vão se juntando à causa da princesa Aurora que é recuperar  o sol, a lua e as estrelas que foram escondidos pela rainha Umbra. O reino de Lemúria precisa ser salvo e todos estão dispostos a participar dessa batalha.

O desenvolvimento da trama vai ocorrendo e a própria Aurora também vai melhorando tanto em habilidades quanto visualmente.
Uma das maiores surpresas é que esse jogo ( ao menos no xbox) é multiplayer. Se você for jogar com dois controles ( modo Co-op) a segunda pessoa pode controlar o vagalume mais fofo de Lemúria: Igniculus.
Eu zerei o jogo em pouco tempo. Ele não é muito extenso e é dividido em atos. E confesso: que ficou um vazio em mim! hahaha #saudadesAurora #SaudadesLemúria. E isso se deve em muito em razão de que ao contrário dos contos de fadas convencionais a personagem Aurora é quem se salva e salva toda Lemúria. Ela conta com aliados valiosos, mas é ela quem toma as rédeas do próprio destino. Que surjam mais Auroras no mundo dos games!

Foi divertido e encantador jogar Child of light. E o mais engraçado é que de cara eu senti uma familiaridade entre esse jogo e um outro que eu adorava ver um amigo meu jogar: Limbo. Daí que descubro recentemente que Final Fantasy e Limbo inspiraram esse game.
Enfim, eu me apaixonei e se sair o 2 já estou na fila para jogar!Enquanto isso vou apreciando o livro arte com a história de Reginald the Great que é o filho de Robert, o rato arqueiro, que está disponível para download (Valeu Ubisoft!)
Se você tiver crianças também pode jogar sem receio que elas vão conseguir se envolver também. É gostoso de jogar e é bonito de se ver!
Fico com minha dica por aqui e deixo algumas artes do jogo que são de tirar o fôlego.
Beijocas, amores! Já jogaram ou pretendem jogar? Comentem!










You Might Also Like

0 comentários


Deixe seu comentário, Lindeza!

Pinterest

Advertise

Os melhores links FEMININOS Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... GeraLinks - Agregador de links Colmeia: O melhor dos blogs